sábado, 27 de maio de 2017

TRIBUTO AO NEVES - TAN 05.08 - CRIAÇÃO DA SAIL - junho.2012



TAN 05.08 - CRIAÇÃO DA AIL (SAIL)
http://licburlesco.blogspot.com/2017/05/tan-0508-criacao-da-sail-junho2012.html
AIL

Ao amigo Neves devemos creditar a gênese da AIL - Associação de Inéditos das Letras. Seu entusiasmo revela o interesse  pelas atividades intelectuais, propostas na criação 
da AIL, em 26.06.2012.

De: José Nagado <j_nagado@hotmail.com>
Para: jose neves <jcneves45@yahoo.com.br>
Enviadas: Terça-feira, 26 de Junho de 2012 16:35
Assunto:  AIL

Caro José,

Fico contente por saber que v. está novamente  "solto e livre para vagabundear entre as letras". 
Tive uma ideia para curtir com os nossos companheiros das letras. 
Só pra resumir, vamos chamar de IL (inéditos das letras) o integrante de uma  associação, AIL. (Associação dos Inéditos das Letras).
Vamos resumir o que seria esta Associação.  
- IL - inédito das letras, com idade superior a 60 anos.
- AIL - Associação dos Inéditos das letras 
- Meta inicial : reunir 10 possíveis integrantes

Objetivos iniciais da AIL
1) Estimular a publicação de trabalhos literários dos integrantes da AIL.
2) Debater textos desenvolvidos ou apresentados pelos integrantes da AIL.
3) Promover relações com  outros escritores.

O integrante da AIL é vitalício, inédito ou não. 

Tive esta  ideia ao completar 60 anos de idade, em conversa com o amigo Idir sobre a participação em atividades, como os grupos de leituras. O Idir, autor (inédito) de um livro sobre o comércio na cidade de São Paulo (1554-1822), aderiu  imediatamente à ideia da AIL

.... Outros INÉDITOS seriam convidados a participar do grupo posteriormente..

Topas?
Abs
José
·          
·      Re: Como vai? - AIL‏
27/06/2012
Para José Nagado
José, boa tarde!

Em primeiro lugar, TOPO! Como você me parece organizado, proponha as diretrizes e a forma de implementá-las.

Em segundo lugar, descubro que temos a mesma idade, 67, e sou de abril. Outra coincidência é que foi a partir de uma festa-surpresa dos meus 60 anos que me decidi a escrever com mais frequência, e daí saiu o meu mais longo texto que é o LEGADO De Um Luso-Nipo-Brasileiro, do qual já te falei antes. Depois desse, foram surgindo as crônicas. Claro que, anteriormente, já escrevia alguns  pequenos textos, mas muito eventuais e quase todos de cunho familiar.

Abs.

JC -27/06/12

SAIL – HISTÓRICO

Em 22.10.2012 , já com o nome alterado para SAIL - SOCIEDADE AMIGA DOS INÉDITOS DAS LETRAS,  tendo os objetivos iniciais em mente, definimos as diretrizes da sociedade e a forma de implementá-las.  

Coordenadores
José Nagado                j_nagado@hotmail.com
José Carlos Neves      jcneves45@hotmail.com

Textos propostos pelos fundadores da AIL (outubro.2012)

1.    JCN (Neves) – Ensaio sobre a América Latina – Um Poema – Uma Crônica
2.    Nicanor de Fretas: Conto (“Encontro de duas almas”) – Crônicas mineiras (causos)
3.    Jose Nagado: “Crica” (um produto do Burlesco) - Crônicas
4.    Jayme Cordeiro Rosa: “Itaquaquecetuba meu amor”.
5.    Idir Martin Asencio: “Os caminhos do comércio na cidade de São Paulo (1554-1822)”
6.    Breno de Sousa Vianna : Crônicas (escritas por sua Mãe)
7.    Loire Rodrigues de Lima: “Largados dos Bernardes” (escrito por seu pai, militar)


Comentários  sobre os textos propostos HOJE 24,05.2017


1. NEVES - Publicou um expressivo livro autobiográfico - "Legado de um Luso Nipo Brasileiro" no ano de 2015. Deixou de ser inédito, e promete um novo livro para breve.
O "Ensaio sobre a América Latina" discute o pensamento sócio-político do Vargas Llosa em relação as populações latino americanas. Um poema provocou análises sobre o estilo e outros comentários sobre a autoria ou não , de Carlos Drumond de Andrade.

NOTA: O blog Confrarias do Riso explora temas do "Burlesco" que em alguns casos envolvem preocupações temáticas (literárias) apresentadas na SAIL como um impagável texto de humor. 
O Neves compartilhou diversas crônicas, algumas das quais ("Batalha de Galos", "Entendeu?" e "Travessia do tempo"), que cumprem "SAIL" e "BURLESCO" (obrigado, Fernando Pessoa!)

2. Nicanor pretende publicar uma coletânea com as suas notáveis crônicas..Seus "causos" mineiros são contados com o humor e estilo do povo de Araxá, em seu blog https://freitasnet.blogspot.com.br/2017/04/carater.html.

3. Nagado (eu) postou a ideia básica do "Crica"em seu blog Confrarias do Riso. O "Crica" está em fase de revisão (mais uma) e análise de uma proposta de ilustração. O Nagado postou  (22) crônicas no seu blog. Comentários serão acrescentados em um possível livreto com as crônicas.

4. Jayme Cordeiro Rosa (90) teve um livro de humor publicado,aos 70 anos. Rotariano, empresário de sucesso, promete "Itaquaquecetuba meu amor", com muito humor.

5. Idir, grande atleta do vôlei brasileiro, atualmente tenista de respeito, aposentado, decidiu escrever
 “Os caminhos do comércio na cidade de São Paulo (1554-1822)”. Brevemente deixará de ser inédito.

6. Breno, engenheiro, declamador emérito de prosas mineiras, quer contar as histórias mineiras que sua mãe deixou.

7. Loire, valente batalhadora das questões de aposentadoria de colegas CESPEANOS, recebeu como legado do seu pai,  um pujante relato de militar afeito aos embates em condições extremas de sobrevivência. (li uma brochura ainda incompleta). Tem dificuldades para desembaraçar esse legado.


A relevância de cada texto é avaliada pelo autor ou responsável pela sua divulgação. Análises e polêmicas estarão abertas a todos os participantes ou não da SAIL.

A SAIL apresentará , na próxima postagem, visões perscrutantes do Neves sobre dois temas distintos (sociologia política e literatura), colocando seu interlocutor pouco a vontade para dizer simplesmente: CURTI! Dois grandes das letras, Vargas Llosa e Carlos Drumond de Andrade, o que não é pouco, aguardam sua vez para serem citados na SAIL!

Concluindo

As mensagens de cada autor (inédito)  e a troca de ideias com os membros da SAIL ou participantes de grupos na internet, ressoam positivamente na concretização dos objetivos dos  "companheiros de desassossegos literários",que prosseguem na batalha para publicar seus trabalhos.


(continua) - 
j.nagado 27.05.2017





2 comentários:

  1. Nagado, nem vou comentar... Pois se começar a escrever vou ter que explicar-me tanto, por não ter tido tempo para continuar meu trabalho. Só vou lhe enviar um grande abraço. Freitas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aceito e retribuo o abraço mas recuso sua desculpa para não continuar seu trabalho. Sugiro selecionar 20 crônicas significativas da - "travessia do seu tempo" (Neves, roubaram seu título), como por exemplo:personagens da cidade, festejos, brincadeiras, passeios, pratos da culinária local, gírias, etc. Pense na terrinha e prossiga...Nagado

      Excluir